Todos os artigos
|Plano de retomada: sua empresa permanecerá em casa ou voltará para o escritório?

Plano de retomada: sua empresa permanecerá em casa ou voltará para o escritório?

O plano de retomada para o escritório precisa ser pensado e planejado com cuidado pelas empresas. O retorno deve considerar a segurança de todos!

    Share
Plano de retomada: sua empresa permanecerá em casa ou voltará para o escritório?
por Sitel Staff dezembro 2, 2020 - 3 MIN READ

O impacto da pandemia nas rotinas de trabalho foi intenso e repleto de mudanças. Mas quando este momento passar é preciso pensar em como será o retorno ao trabalho e o quanto este “novo normal” irá interferir no dia a dia dentro da empresa.

Para isso, é essencial ter um plano de retomada estruturado, que leve em consideração todos os fatores envolvidos como, por exemplo, a segurança dos profissionais. A grande dúvida pode girar em torno de voltar ou não para o escritório de forma presencial 100% do tempo.

A sua empresa já pensou sobre isso? Vem conferir algumas informações importantes para auxiliar no desenvolvimento do plano de retomada! Veja os tópicos que vamos abordar:

Como planejar a volta para o escritório

Como planejar a volta para o escritório

É possível entender um pouco mais sobre as expectativas em relação a volta ao trabalho analisando os dados da 3ª edição da “Pesquisa nacional: Como será o retorno aos escritórios”, feita pela KPMG, com empresários de todo o país em agosto e setembro deste ano.

Veja quais foram as principais descobertas em relação ao plano de retomada:

  • 38% apontam que o retorno só deve acontecer em 2021;
  • 18% acreditam no retorno até dezembro/2020;
  • 9% previam um retorno em outubro/2020;
  • 10% disseram que o acesso ao escritório não foi bloqueado;
  • 25% já haviam retornado ao escritório.

Em meio a um cenário mais flexível, podemos perceber que muitas empresas já iniciaram a volta ao escritório. Mas muitas continuam trabalhando a distância e esperando uma vacina para que o retorno seja mais seguro para todos.

A expectativa pela imunização

A expectativa pela imunização

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma vacina contra o novo coronavírus só deve estar disponível entre o início e o meio do ano de 2021. Mas, considerando a estruturação e o tempo de produção, uma imunização de larga escala, para atender toda a população, é prevista apenas para o ano de 2022.

Atualmente são várias vacinas em testes, sendo que algumas estão em fase mais avançadas, o que aumenta a expectativa. São quatro técnicas de imunização principais que estão sendo testadas, são elas: vacinas de vírus inativo, vacinas de vetor viral, vacinas genéticas e vacinas proteicas sub-unitárias.

Sempre que uma nova atualização sobre o andamento dos testes vem à tona, novas previsões começam a aparecer e mudam o plano de retomada. Mas, como a OMS indica, ainda não é possível dizer com exatidão quando a vacina estará disponível.

É preciso analisar também que, normalmente, os testes clínicos levam anos até serem concluídos. O que acontece aqui é uma situação emergencial, em que várias etapas dos estudos são feitas de forma paralela para agilizar o processo.

Além disso, o investimento para o desenvolvimento da vacina é maior e isso se deve ao alto número de pessoas infectadas pela doença.

O que considerar na estruturação do plano de retomada

O que considerar na estruturação do plano de retomada

Segurança, vacinação, distanciamento e até mesmo o impacto do home office na rotina, são fatores a seres considerados quando se fala em volta para o escritório.

O retorno será repentino e total? As equipes serão divididas? São inúmeras as possibilidades que podem acontecer, mas já é possível observar alguns pontos que podem se tornar tendências.

A pesquisa da KPMG também mostra que 29% dos participantes apontou que haverá sim um retorno gradativo e que inicialmente voltarão com no máximo 30% dos profissionais. Já ao serem questionados sobre uma redução de metros quadrados ocupados pelo escritório após o controle da pandemia, a maioria, 55%, pretende manter o espaço.

Neste momento, tanto os colaboradores quanto as empresas puderam verificar que o home office realmente funciona, impactando no plano de retomada. Passar mais tempo em casa com a família em vez de algumas horas no trânsito pode contribuir, e muito, para o bem-estar das pessoas.

Em muitos casos, já é possível notar empresas com discussões avançadas sobre uma rotina de revezamento. Desta forma, haverá tanto a presença no escritório quanto o trabalho sendo feito à distância.

Os cuidados com a segurança de todos na retomada

Os cuidados com a segurança de todos na retomada

O plano de retomada das empresas também deve contemplar alguns cuidados importantes e que muito possivelmente farão parte da rotina daqui pra frente. As questões de saúde e a atenção com a higienização que está acontecendo agora pode significar algo que se manterá, mesmo após a pandemia.

A volta para o escritório também seguirá essa tendência. Medição de temperatura, uso obrigatório de máscara e realização de questionário para avaliar as condições de saúde, são os principais pontos destacados pelos empresários ouvidos na pesquisa da KPMG para controlar o acesso aos escritórios.

Obs: vale lembrar que, nas últimas semanas, cresce a possibilidade de uma segunda onda do coronavírus, devido ao aumento do número de casos da doença. Com isso, os planos de retomada das empresas podem sofrer alterações.

Posts recentes

Mar calmo não faz bom marinheiro, por Laurent Delache – Sitel Group

Passamos a maior parte do ano em casa, ou com a circulação comprometida, e ainda teremos um longo período de…

Leia

Roadmap digital: como construímos a jornada do cliente

O roadmap pode ser usado pela sua empresa para traçar uma estratégia digital efetiva e que traga resultados incríveis! Saiba…

Leia

Responsabilidade Social Corporativa: entenda o que fazemos pela sociedade

A responsabilidade social corporativa é uma forma das empresas retribuírem seu sucesso perante à sociedade! Conheça nossas ações.

Leia

O RH 3.0

O EQUILÍBRIO ENTRE O TECH E O TOUCH

Leia