Todos os artigos
|A cultura organizacional e o futuro do trabalho

A cultura organizacional e o futuro do trabalho

Transformar a cultura organizacional em uma experiência flexível trará resultados bem-sucedidos para o futuro do trabalho e, consequentemente, para as entregas de CX.

    Share
por Sitel Staff outubro 17, 2022 - 3 MIN READ

Ao refletir sobre como o futuro do trabalho, diversas questões podem vir à mente, como, por exemplo, “usaremos a realidade virtual para realizar reuniões?”. Entretanto, as empresas têm aprendido muito com os últimos anos e o avanço de algumas tecnologias, e como isso tem afetado diretamente as culturas organizacionais.

Para entender melhor o que o futuro nos reserva em termos profissionais, é preciso olhar com mais atenção para o que é desenvolvido hoje, sejam ações para buscar e reter talentos, seja a forma como a tecnologia é utilizada para facilitar e agilizar o dia a dia dos clientes.

Por isso, ao pensar no futuro do trabalho, é preciso ter em mente, também, o futuro do Customer Experience e como a cultura organizacional exerce um papel importante em todas as decisões tomadas pelas empresas que, consequentemente, refletirão no amanhã.

Investimento em cultura organizacional

Todos os elementos que influenciam o ambiente de uma empresa, como crenças, missão, visão e valores, compõem o conjunto chamado “cultura organizacional”. Nos últimos anos, este é um assunto que vem sendo debatido entre as mais diversas áreas, especialmente por conta de como o estilo de trabalho tem mudado devido aos acontecimentos decorrentes da pandemia da Covid-19.

Horários e locais flexíveis, a saúde e o bem-estar dos colaboradores e tantos outros fatores que envolvem os modelos de trabalho, são alguns dos aspectos que entram em discussão quando o tema é a cultura organizacional.

A partir do momento que a cultura organizacional de uma empresa investe no aumento da produtividade e redução do absenteísmo, os custos operacionais são minimizados e a marca consegue alcançar níveis de produção mais elevados.

Neste contexto, a cultura organizacional pode ditar o futuro do Customer Experience.

Como garantir o futuro do trabalho e do CX

A flexibilidade é um dos principais aspectos que apontam que a cultura organizacional será necessária para o futuro do trabalho e do CX. Isto porque grande parte dos colaboradores de diversas empresas como startups, desenvolvedoras de software e BPOs não têm obtido flexibilidade em seus modelos de trabalho, e este fato é refletido em cenários em que justamente a flexibilidade tem um papel muito importante no desenvolvimento dos colaboradores.

Em modelos de trabalho em que o colaborador tem uma flexibilidade de horários e locais de trabalho, o fator estresse é eliminado – que, muitas vezes, ocorre pelo deslocamento, trânsito, insatisfação pela impossibilidade de realizar outras tarefas etc. E, ao eliminá-lo, as marcas podem observar altas taxas de produtividade e desempenho.

Uma vez que a força da experiência do colaborador é diretamente proporcional à força da experiência do cliente, as taxas elevadas de produtividade e desempenho refletem diretamente nas entregas de CX.

Portanto, investir em uma experiência flexível, que possibilite que os colaboradores equilibrem sua vida pessoal e profissional, trará resultados bem-sucedidos para o futuro do trabalho.

Transformando sua cultura organizacional

Seja para se preparar para o futuro do trabalho ou para garantir a melhor experiência do seu consumidor, transformar a cultura organizacional da sua empresa é essencial para usufruir de todos os benefícios que vêm com ela.

Para realizar essa transformação, é preciso ter em mente alguns princípios importantes.

Dê um passo de cada vez

Todo e qualquer processo de transformação leva tempo. De nada adianta querer dar passos largos e rápidos se estes são assíncronos. Por isso, dê um passo de cada vez, para garantir que todas as estratégias estão sendo usadas corretamente, para investir em tecnologias que vão alavancar ainda mais os seus negócios.

Tenha uma comunicação clara

Para transformar a cultura organizacional da sua empresa de forma que ela fique alinhada com o futuro do trabalho, é preciso estruturar uma comunicação contínua e transparente, para que todos os participantes deste processo estejam na mesma página.

Garantir que a mensagem seja clara e encorajadora é um dos pontos mais importantes para garantir que os colaboradores entendam, de fato, todo o processo

Qualifique e tranquilize

“As máquinas substituirão os humanos?” Esta é uma das maiores dúvidas dos colaboradores quanto ao futuro do trabalho, e sua empresa precisa se certificar de tomar as medidas corretas para tranquilizá-los. É preciso investir na qualificação dos colaboradores e transpassar tranquilidade sobre a tecnologia, que apesar de evoluir rapidamente, não existe para substituir humanos por robôs, mas, sim, para auxiliar e otimizar o tempo e a qualidade do trabalho dos colaboradores.

Repense as estruturas organizacionais

Assim como fazer com que os colaboradores saibam o que está acontecendo com a organização da empresa, ouvir o que eles têm a dizer é fundamental para a reestruturação da cultura organizacional.

Monitore e observe

Como toda mudança, a transformação da cultura organizacional não deve acontecer do dia para a noite, e não deve ser implementada e esquecida. Por isso, é imprescindível que haja um monitoramento e acompanhamento constante.

Posts recentes

Sitel Fit: um programa de saúde e bem-estar

Um programa que mistura tecnologia e bem-estar, o Sitel Fit aprimora a experiência do colaborador no Sitel Group®.

Leia

Como melhorar a experiência do colaborador em 2023

Pessoas e tecnologia, sustentabilidade e criar conexões emocionais positivas e duradouras lideram as tendências na experiência do colaborador.

Leia

As cinco métricas mais importantes para medir a satisfação do cliente

As pesquisas de satisfação do cliente são essenciais para coletar feedbacks, que podem ser utilizados para impulsionar melhorias nos canais…

Leia

Entendendo necessidades e medindo a satisfação do cliente

Para alcançar e medir a satisfação do cliente é preciso compreender quem são verdadeiramente seus consumidores, e se a marca…

Leia